sexta-feira, 8 de julho de 2011

Me dê a mão


Feche os olhos. E vamos começar a imaginar, uma nova história. uma história certa, com erros, imperfeições, mas palavras certas, gestos certos e o jeito certo de amar. Pense também, num lugar que você queira muito ir, pensou? então, me dê a sua mão, que eu vou te levar pra esse lugar. sua mão está quentinha, como todas as vezes que ela encostou nas minhas mãos geladas. não tenha medo para recomeçar, para lutar, para sonhar e para amar. ainda tenho suas mãos perto das minhas, feche bem os olhos e continue sonhando, não se preocupe, eu vou ir te levando pro caminho mais bonito da vida. mas durante essa caminhada, houve um deslize, que por sinal, não deixou a gente continuar nosso caminho pela felicidade. pode demorar até você se levantar, mas a minha mão sempre vai estar estendida, te oferecendo ajuda, amor, felicidade. não vou seguir esse caminho sem ti, meu anjo. agora abra os olhos, e lute para realizar esse sonho.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

O pra sempre, sempre acaba

Amor, vamos parar com isso? diga que foi tudo uma brincadeira, e que você não estava falando sério. diga que me ama e que isso não vai mudar, diga que a gente ainda tá junto. como eu queria que você dissesse tudo isso, mas eu sei que agora não é possível. Eu sempre achei que você era o cara certo, talvez eu ainda ache, é ainda acho, sei que agi errado e me arrependo, sei que você já me deu várias chances e já me perdou por algumas coisas. eu sempre disse que viver sem você, é impossível, então o que estou fazendo aqui? eu estou aqui, esperando teu abraço, teu beijo, teu carinho e só isso já bastava pra me deixar feliz. Venha aqui e enxugue as minhas lágrimas e me faça rir das coisas mais bobas que você diz. Sei que isso tá ficando chato, eu não paro de te enxer o saco, mas é que a dor aqui dentro, tá só aumentando... foi bom? foi ótimo, cada momento, cada sorriso, cada beijo, abraço, gesto, palavra, TUDO! vou sentir falta de ficar na expectativa, esperando você entrar no msn e me fazer a pessoa mais feliz do mundo, das minhas pernas bambas toda a vez que eu te via, dos teus sorrisos, dos olhares mais sinceros... porque tudo acabou? eu sei os motivos, mas quem disse que não podemos tentar de novo? não vou insistir nisso, mas eu corro atrás dos meus sonhos. 

" Lembre-se que as folhas do outono, caem, não porque querem, e sim porque chegou a hora."